[Artigo] Terrenos: It’s Time To Finally more Lands

Apoie a Blacker Lotus, não use Ad Block e acesse os anúncios que lhe interessar!

capa terrenos

Boas pessoal! Passou algum tempo desde o ultimo It’s time to… Em parte porque costumo escrever mais aos finais de semana e este estive um pouco ocupado (como alguns de vós devem ter reparado se seguiram o Pro Tour Dublin aqui na Blacker Lotus).

Desculpas a parte, vamos hoje dar continuidade a nossa viagem pelos terrenos que marcaram lugar na historia do Magic. Podem ver as primeiras partes deste tema nos artigos: It’s Time To Lands Everywhere e It’s Time To Lands for Everyone.

Terrenos que marcaram história no Magic

No artigo de hoje, vamos abordar um tipo de terrenos de extrema utilidade em decks de 3 ou mais cores, que são as Filter Lands. Tal como o nome indica, são terrenos que filtram a mana da reserva, para assim podermos ter as cores que mais necessitamos.

Filter Lands

Os primeiros terrenos com esta “habilidade” foram lançados em  Odisseia e totalizavam 5 tipos nas combinações aliadas.

O formato padrão era:

Filter Land
Terreno – [raro]
Tap, 1 colorless mana : Add [X e Y] to your mana pool.

Nomes e cores produzidas:

Esta edição deu-nos ainda a Raibow Filter Land, um terreno igualmente raro que por um custo de 5 manas incolores e tap, gera um mana de cada cor, o seu nome é Crystal Quarry.

Em Future Sight, nas cartas “do futuro”, tivemos o vislumbre de uma nova Filter Land, era vermelha e preta e respeitava o seguinte formato:

New Filter Land
Land – [Raro]
Tap: Add 1 colorless mana to your mana pool
X/Y,Tap: Add XY or XX or YY to your mana pool.

Mais tarde, nas edições Shadowmoor e Eventide, este terreno encontrou um lar e mais 9 amigos, claramente um para cada combinação possível de cores.

Filter Alternativos?

terrenos sinete

Apesar deste espaço estar a tratar de terrenos, não poderiamos falar das Filter Lands sem falar dos deus primos, que surgiram em Ravnica e recentemente muito pedidos no bloco de Retorno a Ravnica e são, como devem de estar a adivinhar, os Sinetes/Signet.

Formato:

Guild Signet  [2]
Artifact – [Comum]
Tap, 1 colorless mana : Add [X/Y] to your mana pool.

Como é de esperar, são 10, um para cada cor e por consequência, um para cada Guilda.

Depois das Filter Lands, vou falar de um outro tipo de terreno, este pouco usado para formatos competitivos, mas utilizado por campeões da Mesa de Cozinha, pois conseguem ser duais mais baratas até que as Check Lands.

Pain Lands, ai que dor…

terrenos pain

Os terrenos da dor ou SAW do Magic, foram lançados em Ice Age e Apocalypse. Eram terrenos que geravam mana incolor ou uma mana dentre duas opções de cores, mas neste caso teria um preço, 1 ponto da tua vida. E dai originou-se o termo Pain Land, quanto mais usas, maior a “dor”.

Formato:

Pain Land
Terreno [raro]
Tap: Add 1 colorless mana to your mana pool
Tap: Add X or Y to your mana pool, PainLand give 1 damage to you.

Existe ainda um ciclo de pain lands comuns, saíram em Tempestade e é um meio-ciclo, pois não existem as 10 variantes, somente 5 e nas cores inimigas, tal como as lançadas em Apocalypse.

Existem ainda outras Pain Lands fora de ciclos, começo por uma que ainda se acredita vir a ser inserida num ciclo por ela uma carta do futuro, falo de Horizon Canopy, uma Pain Land verde e branca, mas que troca a possibilidade de gerar 1 mana incolor sem qualquer custo de vida por pagar 1 + tap e poderes sacrificar este terreno para um extra draw.

Depois abordamos a Pain Florest, um terreno lançado em Morningtide e de nome  Murmuring Bosk, uma floresta que pode gerar mana verede sem qualquer custo e pode ainda gerar mana branca ou preta se estiveres disposto a pagar 1 ponto de vida. Este terreno entra em campo virado a menos que o controlador tenha na mão e possa revelar uma carta do tipo Treefolk.

City Of Brass, reeditada recentemente em Modern Master, é mais uma carta que se pode incluir na categoria de SAW, ops, Pain Land, pois sempre que este terreno for virado, vai causar 1 ponto de dano em seu controlador. E atenção, se algum efeito virar este terreno, mesmo que não seja como produtor de mana, o dano será causado. Mas se for para gerar mana, podem gerar qualquer cor.
Lançado originalmente em Arabia Nights e teve vários reprints, sendo o mais recente em Modern Masters.

terrenos city of brass

Grand Coliseum é mais um terreno que pede 1 de vida em troca de 1 mana de qualquer cor, mas este ao contrario de City of Brass, pode gerar mana incolor sem custos, com a desvantagem de entra em campo virado. Este terreno foi lançado em Onslaught.

Ancient Tomb também pode ser considerado um Pain Land, no entanto bem mais dolorosa, pois este terreno gera 2 de mana incolor a quem estiver disposto a pagar 2 de vida cada vez que o usar. Lançado em Tempestade e teve um reprint em From The Vault Realms.

Quase a terminar este artigo e chegamos na vez da Pain “Lightning Bolt” Land, Tarnished Citadel, um terreno que pode gerar um de mana incolor OU gera um mana de qualquer cor em troca de 3 pontos de vida. Este terreno saiu em Odisséia e nunca foi reimpresso.

 

Para terminar de falar de Pain Lands, trago mais um ciclo que foi lançado em Odysséia, este ciclo mono color tinha em si, a habilidade Threshold (habilidade presente nesta edição).

Pain Lands, mais dor…

Para terminar este artigo e como o fiz para os artefatos filtros, vou fazer para os artefatos pain, que são 5 ao total e saíram em Mirrodin, “copiando” as pain lands de Ice Age.

Formato:

PainTalisman [2]
Artifact – [incomum]
Tap: Add 1 colorless mana to your mana pool
Tap: Add X or Y to your mana pool, PainTalisman give 1 damage to you.

 

E assim nos despedimos, espero que tenham gostado de mais um artigo desta serie que visa desvendar todos os segredos das bases de mana do magic ao longo dos tempos.

Mais uma vez termino pedido que deixem o vosso feedback via facebook, ligamagic ou aqui mesmo no site.

Até para a semana, porque… It’s Time To…………..

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. jorgejacoh disse:

    It’s a lot of pain…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *